Grávida apesar do anel vaginal

Grávida apesar do anel vaginal

É possível engravidar apesar do anel vaginal?

  • Sim, é possível engravidar apesar do anel vaginal, também conhecido como anel hormonal (por exemplo, Nuvaring® ou Ginoring®).
  • Isto pode acontecer, por exemplo, se o anel não for conservado corretamente ou se houver um erro na sua utilização.
  • Nestas circunstâncias, é pouco frequente engravidar. Ainda assim, é possível

Neste artigo vai encontrar informação sobre como uma mulher pode engravidar apesar deste contracetivo hormonal, com que frequência é que isso acontece e o que fazer se estiver nessa situação! 

Sugestões:

 

Grávida apesar do anel hormonal: probabilidade & causas 📈

Embora os anéis vaginais sejam considerados, geralmente, um método seguro de planeamento familiar, é possível engravidar.  

 

Probabilidade de engravidar apesar do anel vaginal

O Índice de Pearl é uma medida estatística usada para avaliar a fiabilidade dos métodos contracetivos. No caso do anel vaginal, o seu valor é de 0.3 (uso correto) a 9 (uso habitual)*.

Isto significa que em 1000 mulheres que usam o anel vaginal durante um ano, cerca de 3 irão engravidar, considerando um uso perfeito, ou 90, considerando um uso típico. 

*Valores referidos no Consenso Sobre Contraceção 2020, disponível no site da Sociedade Portuguesa da Contraceção.

Causas para uma gravidez apesar de usar o anel contracetivo

  • Erros de aplicação: inserir o anel na altura errada, deixar o mesmo anel durante demasiado tempo, colocá-lo na posição errada na vagina, deixá-lo retirado durante demasiado tempo, interferência com outros medicamentos, etc. 
  • Erros de conservação: guardá-lo a uma temperatura superior a 30°, fora da embalagem original, em locais húmidos ou com demasiada exposição solar, pode interferir com a eficácia do produto. 
  • Defeitos no material: podem levar o anel a deixar de funcionar apesar do uso correto.

 

Medo de estar grávida apesar do anel vaginal

Algumas mulheres temem estar grávidas porque se apercebem de sintomas que associam à gravidez, mesmo estando a usar o anel vaginal. É esse o seu caso? 
Esses sintomas não significam, necessariamente, que está grávida, pois podem ser efeitos secundários deste anel hormonal. 

Procure respirar fundo e calmamente, e dar depois um passo de cada vez

Para confirmar se está grávida ou não, pode fazer um teste de gravidez: o anel vaginal não interfere com a fiabilidade do resultado.

  • A nossa dica: 🤰 Faça o Teste de Gravidez Online, fácil de preencher em qualquer lugar! Vai receber de seguida uma análise individual imediata e poderá falar com uma counsellor sobre o assunto, se assim o desejar.
  • No artigo sobre Como funciona um teste de gravidez, pode ler mais informação sobre como funcionam exatamente estes testes à urina, de venda livre. 

 

Gravidez não planeada apesar do anel vaginal. E agora?

Se está grávida apesar de ter utilizado o anel vaginal como contraceção, talvez ainda não saiba bem o que fazer. Esta novidade inesperada talvez a tenha deixado em choque e desorientada, sobretudo se já usa, há vários anos, um método contracetivo considerado seguro. Podem surgir muitas ideias, dúvidas e emoções diferentes. 

A nossa dica: dê tempo a si mesma! 🕰🛋

O simples facto de se dar algum tempo para que possa “cair a ficha”, pode ser muito benéfico. Conseguirá dar a si própria espaço e autorização para experimentar todos os pensamentos e emoções diferentes ou contraditórios que possam surgir e, de seguida, começar a organizá-los.  

 

Factos sobre o anel vaginal

O que é o anel vaginal ou hormonal?

Os anéis vaginais, também conhecidos como anéis hormonais ou contracetivos, são anéis de plástico ou silicone, pequenos e flexíveis, que contêm hormonas e são inseridos diretamente na vagina. Pertencem ao grupo dos contracetivos hormonais.

Quais são as diferenças nos anéis hormonais?

Independentemente do laboratório que o produz (por exemplo, Nuvaring®, Circlet®, Ginoring®, Cyclelle®, VeriAristo® ou Setlona®) o anel contém estrogénio e progestina. Anéis de laboratórios distintos podem diferir ligeiramente na composição dos materiais de suporte e no conteúdo de progestina e estrogénio. Porém, a taxa de libertação de ambas as hormonas é idêntica para todos os laboratórios. 

Como funciona um anel vaginal?

As hormonas são absorvidas diretamente pela membrana mucosa da vagina, entrando gradualmente na corrente sanguínea. O estrogénio inibe a ovulação mensal e a progestina altera a consistência do revestimento do útero. Isto impede que um óvulo fecundado se implante nas paredes do útero. O muco cervical também se torna mais espesso, de modo a que os espermatozoides não consigam chegar ao útero. 

 

Outros artigos interessantes:

Considera que a informação neste artigo foi útil?